março 20, 2010

UM ANO.

' [...] Acho que esse é o primeiro texto realmente decente que eu te escrevo. Talvez, pelo fato de eu nunca ter consigo colocar em palavras tudo o que você significa pra mim; tudo o que nós temos.
E eu acho que ainda não consigo.
Tem um ano que nós estamos juntos, e ainda sim, cada vez que eu te vejo é como se fosse a primeira vez. Aquele frio na barriga, o coração batendo forte, os olhos brilhando. Como você faz isso comigo, eim rapaz?
Eu me sinto feliz só de te ver; o sorriso é espontâneo; aquela vontade de te abraçar e não soltar mais; eu rio fácil, sem motivo; e o coração aperta parecendo pequeno demais pra tanto amor.
E eu, que um dia cheguei a pensar que isso ia passar, que eu ia parar de me sentir assim só de te ver, que meu coração ia parar de tentar sair do meu peito, que nós iamos cansar de se ver todo dia, que você ia acabar desistindo de tentar me entender... Aah, como é feliz estar errada.
Eu te amo cada dia mais. O tempo passou rápido, e eu ainda me sinto a mesma garota que te viu pela primeira vez. No fundo, eu sempre soube que teria que ser assim, eu e você.
As coisas com a gente aconteceram de forma tão rápida e espontânea que quando eu vi já tava caindo de amores por você, e suspirando pelos cantos como uma menina boba de 12 anos. Tendo que escutar minhas amigas falando; 'eu não disse, sabia que isso ia acontecer'.
É, eu sempre soube que seria você.
Sempre soube que seria você que mudaria a minha vida, que me faria acreditar em tudo que eu negava, que me faria enxergar tanta coisa nova. Você diz que eu te ajudei à mudar, à melhorar; Mas você não percebe que fez a mesma coisa comigo. Nota-se que um relacionamento é realmente bom quando você aprende e amadurece com ele, e é isso.
Eu amo você. Mas eu não só te amo, entende? Porque pra um relacionamento dá certo é preciso muito mais que isso; Eu te amo, eu te respeito, eu te admiro, eu preciso e confio em você de uma forma que eu nunca precisei ou confiei antes.
E podem falar o quanto quiserem sobre qualquer coisa, podem querer estragar o que nós temos. Mas você, tanto quanto eu, sabe que nós somos beem mais fortes que isso.
E eu não vou te largar tão fácil assim.
Você me estressa, às vezes. Me deixa louca, com vontade de pular no seu pescoço e perguntar 'qual o seu problema, afinal? Mas, talvez, sem isso não tivesse tanta graça. Eu não ficaria deseperada com medo de te perder; E nem radiante de alegria a cada vez que a gente fizesse as pazes.
Lembra que uma vez você me perguntou porque eu te amo e eu não soube responder? Você não tem noção de como é difícil expressar essas coisas pra mim; porque eu não sei como. Eu não consigo achar uma forma válida que demonstre metade do que eu sinto por você.
Eu te amo pelo modo como você me olha, eu te amo pelo modo que você me segura fazendo eu me sentir a coisa mais importante do mundo, eu te amo pelo seu sorriso, pela sua espontaneidade, pelas suas palhaças que me fazem rir e ainda conseguem me deixar sem graça mesmo depois desse tempo todo, eu te amo pelo modo que você me deixa sem fôlego, eu te amo pelo modo que você diz meu nome, eu te amo pelo modo que você segura meu rosto, e pelo jeito que você coloca meu cabelo atrás da orelha, amo o modo irritante que você tem de me beliscar, e o seu rosto toda vez que eu te chamo de 'chato', amo como você diz meu nome quando não quer que eu faça alguma coisa, amo como você desperta em mim emoções e facetas que eu nem sabia ter, eu te amo por você me amar... Por você continuar me amando mesmo depois de tanto tempo.
São tantas coisas e detalhes que eu vou guardando em mim, e que só vão aumentando o que existe aqui dentro.
Agora você consegue ver a complexidade disso, ou pelo menos metade? Você consegue entender porque eu não podia simplesmente te responder naquele dia? São tantas coisas que eu posso enumerar, tantas características e modos que são só seus, e que eu amo tanto. Eu poderia passar uma eternidade fazendo isso.
Tipo, você lembra o dia você me deu aquela flor amarela? Eu te amei mais por isso, e eu guardo ela até hoje.
Sabe aqueles sonhos que toda menina tem quando é mais nova, imaginando como vai ser o amor da sua vida? Você ultrapassou qualquer sonho ou expectativa.
Eu te amo, cara.
Eu te amo muito, e não sei explicar porque ou como. E talvez, seja por isso que eu te ame tanto.

Eu amo você; de uma forma que eu espero nunca saber explicar.

' Feitos um pro outro, feitos pra durar ♪ '

2 comentários: