maio 12, 2010

A CARTA. (OUT/09)

' Você acha que eu sou ruim? Então tá, eu vou ser ruim. Porque todas as suas repreensões sem sentido já chegaram ao meu limite. Eu não vou mudar. Não vou ser mais paciente ou mais carinhosa. Se o que eu sou não é o suficiente, sinto muito. Esse era o meu melhor. É uma pena que não seja o bastante para você.
É muito fácil me culpar pelos seus problemas e depois agir como se nada tivesse acontecido. Eu nunca vou ser quem você quer que eu seja, e isso me machuca tanto... Mas doí muito mais ouvir tudo o que você fala. Eu estou cansada de me importar. Eu cometi meus erros, mas se você que é tão bom não é capaz de me perdoar; Eu sou menos ainda. Afinal, a ruim e insensível ainda sou eu.

Eu te amo, pai.

6 comentários:

Hi Girl disse...

Oi tudo bom?Estou sempre por aqui conferindo as novidades, mas agora preciso da sua ajuda!
Minha FRASE foi selecionada para um concurso e agora está em votação para ganhar um NETBOOK, por favor, poderia me ajudar a ganhar este presente?
É só clicar aqui http://migre.me/Evby votar na @sahvianna!

MUITO OBRIGADA A VOCÊ QUE AJUDAR! CONTE COMIGO!!!

Graci disse...

OI baka...tenho blog tb...hehehe...bjokas e me segue!

enfermeira-graci.blogspot

Verônica Heiss disse...

desses problemas de pai eu entendo. complicado, né?
obrigada pela visita!
um beijo (:

Ellen disse...

Problemas com o pai, quem não os tem?

. disse...

segui, blog lindo (:

. disse...

SEGUI, parabens blog lindo !